As diferenças entre o Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo

As diferenças entre o Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo

Existem diferentes estratégias de marketing digital disponíveis, e cada uma possui um foco diferente.

Mesmo que elas pareçam ter resultados parecidos, é preciso entender exatamente quais as diferenças entre elas, para a construção de um texto de qualidade.

Neste artigo, vamos discutir as principais diferenças entre o Inbound Marketing e o Marketing de Conteúdo.

Ambas são estratégias complexas utilizadas para o crescimento de uma

O que é Inbound Marketing

O Inbound marketing é um conjunto de estratégias de marketing digital com foco em vendas.

Através dele, as empresas nutrem os leads, com a finalidade de convertê-los em clientes finais.

No Inbound Marketing, a empresa aproveita de canais de comunicação, blogs e pesquisas do Google para ser encontrado.

A partir daí, desde o primeiro contato com o cliente, a empresa procura adicionar valor no que é oferecido.

Como objetivo final, o visitante de uma página deve se tornar cliente, realizando pelo menos uma compra ou contratação.

O Inbound Marketing possui quatro motivações principais:

  1. Diminuir o custo de aquisição de clientes;
  2. Aumentar a visibilidade do negócio;
  3. Atrair cada vez mais clientes em potencial;
  4. Otimizar e facilitar o processo de vendas.

Dentro do Inbound Marketing somos apresentados ao funil de vendas. vamos falar mais dele abaixo:

Funil de vendas

Funil de Vendas - Marketing Profissional

O funil de vendas é uma forma de categorizar os possíveis clientes de sua marca de acordo com o estágio que ele está na jornada de consumo.

Sendo assim, o Inbound Marketing age em cada uma das etapas com a finalidade de converter o maior número de pessoas para etapa seguinte.

As três etapas do funil de vendas são as seguintes:

1. Topo de funil

No topo de funil, temos todos os visitantes que foram atraídos para o site da empresa através do conteúdo publicado. neste momento o Inbound Marketing tem a função de atrair. Afinal quanto mais pessoas forem direcionadas ao site da sua empresa, maior a possibilidade de converter clientes.

Neste momento o Inbound Marketing procura quantidade. Afinal, quando observamos um funil, sabemos que o número de pessoas que chega a fazer compras e contratações é bem menor do que o número de pessoas atraídas.

Portanto a regra é simples: atraia o maior número de pessoas possíveis, para levar o maior número de pessoas até o fundo do funil.

Nessa etapa, as pessoas envolvidas são chamadas de visitantes.

Além disso ,o topo de funil também envolve outra etapa do Inbound Marketing: transformação de visitantes em leads.

Os leads são pessoas que já demonstraram interesse pelas soluções oferecidas pela empresa, mas ainda precisam conhecer mais para se comprometerem.

Eles ainda estão no topo do funil, pois apenas uma pequena taxa de leads realmente se tornam oportunidades de negócio.

A partir daqui, você precisa prezar por pessoas o maior qualidade e menor quantidade. Afinal você pretende converter o maior número de leads possível em clientes verdadeiros.

2. Meio de funil

O meio de funil envolve a etapa de Inbound Marketing conhecida como oportunidade. aqui, os leads já entenderam do que precisam.  Essa é a hora de oferecer uma solução mais concreta.

Sendo assim, os leads se tornam uma oportunidade de vendas.

Como já dissemos antes, a medida que as pessoas avançam no funil de vendas, elas devem estar mais qualificadas.

Portanto, Inbound Marketing, mais uma vez, deve focar em avançar apenas as oportunidades que podem gerar lucro para a empresa.

Neste momento você colhe mais frutos se tiver atraído mais pessoas no topo de funil.

Sabendo que a taxa de conversão pequena, essa é uma forma de diminuir investimento na aquisição de leads de qualidade.

Afinal, essas pessoas foram atraídas de forma orgânica, esse demonstraram interessadas na solução que você oferece.

3. Fundo de funil

Esta é a hora de fechar negócio.

O número de pessoas que chega no fundo de funil é extremamente menor do que o número de pessoas que foram atraídas no topo de funil.

Para evitar esforços em vão, mais uma vez deve-se prezar pela qualidade dos clientes atraídos, e não pela quantidade.

Aqui, existirão menos conteúdos para blog, vídeos ou infográficos.

É a hora de sua equipe de vendas entrar em ação e trabalhar aqueles que foram atraídos pela equipe de marketing.

Portanto, é fácil entender que o Inbound Marketing é um esforço conjunto das duas equipes,  focando na aquisição de cliente mais qualificados e dispostos contratar seus serviços, ou comprar seus produtos.

O que é Marketing de Conteúdo

O marketing de conteúdo é uma forma de atrair pessoas através da criação de textos, vídeos ou imagens interessantes.

Através deles, você ganha visitantes ou clientes e se interessam pelos mesmos assuntos tratados pela sua empresa.

O Marketing de Conteúdo é um esforço realizado apenas pela equipe de marketing, que deve focar na criação de conteúdo de qualidade para atrair cada vez mais clientes.

A criação de um conteúdo de qualidade envolve a nutrição de um blog institucional, e tratar de assuntos da área em que a sua empresa atua.

Através do conteúdo publicado, a empresa melhora a relação com o público, podendo atrair cada vez mais novas oportunidades de atuação e de contratação.

Os conteúdos de qualidade são aqueles que são bem avaliados pelos mecanismos de pesquisa. eles são a alma as estratégias de marketing digital, que planejam levar a sua empresa ao topo do Google.

As principais diferenças

Como é possível perceber, o Inbound Marketing e o Marketing de Conteúdo são bem diferentes.

Enquanto o Inbound é um esforço conjunto entre a equipe de marketing equipe de vendas, voltando na conversão de visitantes em clientes ativos, o marketing de conteúdo obras no relacionamento da marca com os clientes.

Em resumo, o Inbound Marketing tem um objetivo puramente econômico, colocando em prática estratégias que vão trazer lucro para empresa, através da aplicação do Funil de vendas.

Enquanto isso, o marketing de conteúdo tem a função de criar um laço entre empresa e os clientes, procurando aumentar a autoridade da marca, e trabalhar sua posição no mercado.

É impossível, porém, criar uma estratégia de marketing digital completa e não envolva as duas formas de trabalho.

Trabalhar o Inbound Marketing forma correta, é necessário implementar estratégias de marketing de conteúdo. afinal, a melhor atrair visitantes é tendo um conteúdo de qualidade, e se encontra no topo das pesquisas do Google.

Portanto, mesmo que essas estratégias sejam diferentes, elas estão profundamente ligadas quando o assunto é o crescimento digital de sua empresa.

Os esforços de marketing de conteúdo são utilizados principalmente no topo e no meio de funil apresentados no inbound marketing.

Assim além de atrair novos visitantes, os conteúdos de qualidade são responsáveis pela qualificação de leads e oportunidades.

Através dos resultados adquiridos a equipe de marketing, a equipe de vendas pode continuar a caminhar pelo funil com maior facilidade, diminuindo os esforços em vão.

Agora que você descobriu mais sobre essas duas estratégias do marketing digital, está na hora de implantá-las em sua empresa.

Se você deseja ter resultados digitais impressionantes, precisa de um bom planejamento e dos melhores profissionais. neste momento o marketing digital pode ajudá-lo.

Conheça nossos serviços e os profissionais presentes na base de nossa forma.

Seja um profissional!Assine nossa newsletter!Contrate um profissional!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!